fbpx

Como usar o site em 10 tipos de negócios locais

Como usar o site em negócios locais

É indiscutível a necessidade de um negócio estar online e, para alcançar mais pessoas e vendas, é preciso saber como usar o site.

Empresas, independente do tamanho, podem utilizar um site como parte de fortalecimento da marca. A forma que será usado influencia na escolha do tipo de site.

Cada negócio, seja do ramo de serviços ou de compras e varejo, podem se beneficiar de formas variadas desta ferramenta de marketing.

Com objetivos e estratégias traçadas para ter uma marcante presença online, veja alguns segmentos que podem utilizar o website para ser mais visto.

  • Cafeterias e Padarias
  • Pizzarias e Restaurantes
  • Corretores de Imóveis
  • Revenda de Veículos
  • Profissionais da Saúde
  • Consultoria e Assessoria
  • Manutenção
  • Loja de Roupas
  • Informática
  • Associações e Igrejas

Cafeterias e Padarias

Quem trabalha em cafeterias, padarias, bares ou lanchonetes e negócios alimentícios semelhantes precisa fazer uso de estratégias inovadoras para conquistar o público.

Um site de cafeteria ou padaria pode exibir catálogos dos produtos que vende, além de divulgar promoções e montar combos atraentes para os consumidores.

Estes produtos podem ser compartilhados do site para as redes sociais, gerando aumento de visibilidade da página do estabelecimento.

Além disso, se o local desejar seguir esta estratégia, pode utilizar um Blog com dicas de receitas, indicando ingredientes que revendem.

Pizzarias e Restaurantes

Além de práticas semelhantes aos adotados por docerias, confeitarias, bares, lanchonetes, cafeterias e padarias, as pizzarias e restaurantes podem acrescentar possibilidades.

É possível utilizar o website como mais uma ferramenta de pedidos. Os que já são clientes e aqueles que estão de passagem poderão pedir a comida online.

Isso pode ser feito através de um botão para contato com Whatsapp ou formulário que selecione os códigos ou nomes dos pratos e pizzas.

A página pode conter o cardápio do estabelecimento e facilitar assim este atendimento dos clientes que visitam o site.

Corretores de Imóveis

Corretores de Imóveis e Imobiliárias também podem utilizar um website para fazer a oferta das propriedades disponíveis.

Podem definir no site a área de Vendas, Aluguel, imóveis em construção, além de incluir a possibilidade de filtro por bairros da Região.

Esta estratégia pode se somar às que o corretor já utiliza para vendas, que seja via Classificados, Grupos do Facebook ou sites como OLX.

Isso porquê, como explicado neste artigo, a diferença é que o website é de propriedade do corretor, e ele poderá administrar a ferramenta com mais autonomia.

Revenda de Veículos

Você sabe o que acontece se um visitante pesquisar por “carros a venda em” ou escrever “veículos usados em” (e digitar sua cidade)?.

Pois bem, certamente, além dos resultados do Google Meu Negócio no topo, quase sempre aparecerão sites de abrangência nacional.

Isso ocorre porque muitos proprietários de concessionárias e revenda de veículos seminovos e usados não fazem uso de um website próprio.

Antes, incluem os produtos de seu estoque apenas em Classificados populares, deixando de fazer um trabalho específico, que pode dar bons resultados.

Profissionais da Saúde

Para estabelecer um contato com pacientes e clientes, clínicas médicas e profissionais liberais da saúde também podem usar esta ferramenta.

Diversas especialidades já usam, inclusive, o website para divulgar algumas orientações e dicas para as pessoas que acessas suas páginas.

Cada profissão pode fazer isso de acordo com as necessidades de cada público. Uma fisioterapeuta pode usar, um nutricionista também.

Ambos podem dar algumas dicas em textos, com imagens e vídeos, sobre exercícios, no caso da fisioterapeuta, ou sobre alimentação, no caso do nutricionista.

Consultoria e Assessoria

São muitas as áreas de consultoria e assessoria e todas podem criar um website, detalhar os serviços e fazer oferta aos clientes.

Das áreas de Contabilidade, Administração, Marketing e até jurídica, encontramos páginas com alcance interessante de visitas.

Via de regra, profissionais destes ramos podem utilizar este espaço para explicar, por meio de artigos, dúvidas comuns, além de abrir esta porta de comunicação.

Após ler determinado conteúdo e ter sua dúvida esclarecida, um provável cliente pode fazer contato com o profissional, iniciando um vínculo.

Manutenção

Neste caso, podem ser diversos negócios de manutenção. Automotiva, Predial, Elétrica, de Ar Condicionado, entre outras, são alguns exemplos.

Às vezes o usuário que pesquisa nos motores de busca (Google e Youtube são os maiores), nem sabe o que realmente precisa para resolver um problema.

E uma informação importante sobre a bateria de um automóvel, por exemplo, pode ser o pontapé inicial de uma relação comercial.

É que, se ao pesquisar por assuntos como este, o visitante chegar até a página de um negócio local, ele provavelmente irá pessoalmente até ele para resolver.

Loja de Roupas

Este é um dos segmentos que menos precisa explicar o quanto é importante para aumentar visibilidade e vendas.

E não só roupas, mas também óculos, bijouterias, acessórios em geral, todos são beneficiados pelo fato de os consumidores já estarem habituados a comprar pela Internet.

Certamente você mesmo já comprou algum destes itens pela Internet, pagou e recebeu em sua residência, com total tranquilidade.

Estes estabelecimentos aliam o formato de E-commerce (Loja Virtual) e Blog para marketing de conteúdo que gere visitas e vendas.

Informática

A informática também requer pouca explicação. Se incluirmos celulares e acessórios, quase todas os que usam Internet já compraram online.

As empresas locais podem fazer, assim como no caso do segmento alimentício, um catálogo dos produtos que comercializa.

Além da organização dos itens em categorias, há a possibilidade de que as lojas usem o site para divulgar ofertas e promoções.

Se desejar, é possível também agregar um blog com conteúdos de soluções para as principais dúvidas dos usuários de itens de Informática.

Associações e Igrejas

Estas instituições podem fazer o uso do tipo de site institucional, com informações de “Quem Somos”, “Serviços ou Eventos” e Formulário para Contato.

Divulgar os eventos é interessante, pois nem todos podem participar presencialmente e o site pode manter o associado ou membro bem informado.

Seja associações de moradores, clubes, sindicatos, entidades filantrópicas, o site pode ajudar no fortalecimento desta comunicação.

Academias

Semelhante aos outros profissionais da saúde, as academias lidam com o bem estar e o bom condicionamento físico das pessoas.

Desta forma, é possível que os proprietários tracem a estratégia de utilizar um website para divulgar alguns demos de exercícios e atividades internas.

É possível também divulgar os eventos que a empresa promove junto com os alunos, e essa é uma forma importante de conquistar novos alunos.

Além das redes sociais, especialmente o Instagram, as academias e demais empresas precisam passar a enxergar o fluxo que perdem por não ter um site.

Conclusão

Negócios locais podem ser mais visualizados através de ferramentas como o Google Meu Negócio e de uma página na Internet.

A conexão entre estas ferramentas pode ser muito lucrativa para os estabelecimentos que aparecerem posicionados nas primeiras posições.

Pense em como usar o site pode aumentar a quantidade de pessoas que veem sua empresa e, consequentemente, aumentar o número de clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *