fbpx

Ignorar estas 5 etapas pode causar o fracasso dos negócios online

Ignorar estas 5 etapas pode causar o fracasso dos negócios online

O fracasso dos negócios online é um dos muitos medos dos empreendedores, e ninguém que vá para a Internet deseja passar por isso.

Presença online, marketing digital, loja virtual, redes sociais. Você por certo já ouviu estes termos, mas como saber se realmente está na hora de divulgar seu negócio na Internet?

Por exemplo, dezenas de propagandas e centenas de anúncios dizem que todo mundo precisa de um site, mas como avaliar se esta é a sua prioridade do momento?

O fato é que sim, sem dúvidas, você precisa se preocupar (e muito) com as mudanças tecnológicas e precisa estar onde os clientes estão.

Afinal, eles já passam a maior parte do tempo conectados, nas redes sociais, nos browsers, nos aplicativos, e de alguma forma precisam ser atingidos por você, ou pela sua empresa.

Mas não se pode ir saindo criando sites por criar, nem se desesperar para começar perfis nas redes sociais, sem antes observar pontos muito importantes.

Como evitar o fracasso dos negócios online?

Antes de ir para a Internet, precisamos observar várias etapas que são prioritárias, e variam de negócio para negócio.

Mas listamos algumas que, de maneira geral, se bem alinhadas, podem retardar ou evitar o fracasso dos negócios online.

Pirâmide de implantação de negócios online duradouros

Observe a pirâmide abaixo. Ela revela que, antes de se preocupar com conteúdo e estratégias de vendas, há prioridades na Estratégia do Negócio, Mix de Produtos e Equipe.

Pirâmide de prioridades nos negócios, da base ao vértice.

Com base nisso, listamos 5 importantes etapas deste Check List para evitar o fracasso dos negócios online.

1. Estoque ou capacidade de atendimento

O estoque está organizado? Verifique se todos os itens possuem códigos de identificação, e você tem um controle, por mais simples que seja, de entradas e saídas.

Sem saber a localização de seus itens, a quantidade, e a capacidade de reposição, ir para a Internet só lhe trará mais problemas, pois a tendência é aumentar demanda.

Quem presta serviços, precisa avaliar se tem possibilidade de atender os futuros clientes, se forem muitos.

É necessário analisar se precisa montar uma equipe e quais atividades podem ser repassadas para outras pessoas.

2. Padrão e disponibilidade de atendimento

Você, sua equipe ou a pessoa que trabalha com você, atendem de forma cortês e eficiente? Há um padrão e preocupação em dar retorno aos clientes?

Mesmo que a tua empresa ainda não esteja online, é perceptível a satisfação dos clientes que já são atendidos por ela?

Outra coisa muito importante é ter a disponibilidade para responder aos clientes (que estão cada vez mais sem paciência).

O tempo de resposta, seja no Facebook, E-mail, Instagram, Whatsapp ou qualquer outro canal, precisa ser cada vez menor.

3. Estrutura, equipe, retaguarda

Se forem até à tua loja, ponto de atendimento ou local de prestação de serviços, estará tudo preparado para recebê-los?

Mesmo que seja uma pequena equipe, os papéis de cada um estão bem definidos? Quem é da parte comercial, parte administrativa, etc…

Todos os envolvidos estão cientes das ações de marketing e marketing digital? As campanhas são conhecidas por eles?

Se algo está sendo divulgado na Internet e não é conhecido da equipe, vai gerar prejuízos, demora na resposta e mal estar.

4. Processos escritos

Por isso é importante confirmar se os procedimentos já estão bem definidos na cabeça de quem estiver envolvido com o negócio.

Quem atende o telefone, quem passa o cartão, quem envia e-mail, quem faz a reposição das peças, quem coloca preços, quem tira fotos, etc.

5. Transparência nas negociações de vendas e cobranças

Há clareza, honestidade e transparência em todas as informações que são repassadas aos clientes, mesmo offline?

Todos são informados de uma prática padrão, ou há atendimento improvisado e confuso?

Os preços estão claros e publicados? Os prazos estabelecidos são compreendidos pelos clientes, são cumpridos pela empresa?

Conclui-se então que, antes de preocupar com estratégias de vendas na Internet, há etapas antecedentes e mais importantes.

Saber que as vendas online serão reflexo de um trabalho offline é um importante passo para evitar o fracasso dos negócios online.

Então, não se engane! Trabalhos mal feitos na Internet não dão frutos, pelo contrário, podem destruir a reputação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *